sexta-feira, 14 de junho de 2024

Coisas de uma vida a dois

junho 14, 2024 1 Comments
Acho engraçado como existem pequenos detalhes numa vida a dois que podem causar toda a diferença. Talvez por isso, desde o divórcio que eu não voltei a pensar em dividir a minha vida na sua plenitude com alguém.

Na saúde e na doença

Agora percebo que não é a toa que esta frase é dita. Afinal de contas, agora as constipações, as dores de barriga, as insónias, as ressacas e a TPM são vividas a dois.

Quebrar a Rotina

Na prática até pode parecer difícil mas não é impossível, nem que seja individualmente.

Passar Tempo Sozinho

Antes de casar somos pessoas individuais e isso não muda porque estamos casados. Existem momentos em que queremos estar com os nossos amigos ou fazer um hobbie sem a cara-metade. Acreditem que não há mal nenhum nisso.

Discussões

O ideal não é procurar ganhar a discussão, mas sim saber parar mesmo que isso implique dormirem de costas voltada. Muitas vezes é preferível deixar as ideias arrefecer e só depois retomar a conversa.

Saber Brincar

Agora a vida já não é de só uma pessoa, por isso é preciso aprender a lidar com as coisas e com os gostos do outro. Uma pitada de humorpitada de humor, ajuda sempre, principalmente se estivermos a lidar com hábitos que nos parecem completamente estranhos.



quarta-feira, 5 de junho de 2024

Vai, e volta ao mesmo (outra vez!)

junho 05, 2024 4 Comments
Vistas bem as coisas a vida é repleta de ciclos, por isso é que é cada vez mais normal usar a expressão "vai e volta ao mesmo".

Nas relações, tudo começa quando um bom rapaz, ou uma boa rapariga se apaixonam pela pessoa errada. Quando digo errada, refiro-me ao espécime do sexo oposto que vai brincar com os seus sentimentos e depois descartar.
No meio da dor, até pode acontecer que essa pessoa decida dar uma segunda hipótese à humanidade, mas o que vai acontecer se a má experiência se repetir? Vai, e volta ao mesmo!

Caso ainda não tenham reparado (o que é difícil), estamos num circulo vicioso em que tanto os homens como as mulheres se consomem uns aos outros, não só pelo prazer do sexo, mas pelo prazer de arrastar vidas atrás de si.
Afinal de contas somos todos assim ou pelo menos quase todos. Quem nunca pensou usar alguém para esquecer outra pessoa? Quem nunca pensouQuem nunca pensou usar outra pessoa simplesmente porque estava tão magoado que nem querida saber?
Algo como "se ninguém quer saber dos meus sentimentos, porque é que eu me vou preocupar com os sentimentos dos outros?" é a maior prova da expressão "vai e volta ao mesmo" (outra vez)!



terça-feira, 21 de maio de 2024

Porquê de trapos e não de porcelana?!

maio 21, 2024 8 Comments
Já não é a primeira vez (e provavelmente não vai ser a última) que alguém me pergunta o porquê de eu ter escolhido o nome "Pequena Boneca de TraposPequena Boneca de Trapos". Afinal porque é que alguém escolheria os trapos se existe a porcelana?

Os trapos podem ser rudes, rudimentares, básicos e simples, são peças sem glamour e muitas vezes o recurso mais simplista. Por outro lado, a porcelana é algo chique, elaborado, trabalhado ou até mesmo polido. A porcelana é detalhada e delicada.

As diferenças são muitas entre o elegante e o básico, o glamoroso e o acessível, mas devo então explicar porque motivo sou de trapos e não de porcelana: 

Ser boneca, todas somos, se por um lado, todas nascemos de porcelana a verdade é que em algum momento vamos partir, podemos ser restauradas, mas nunca será a mesma coisa.
Ser de trapos, não faz com que a boneca seja menos valiosa, muito pelo contrário, as bonecas de trapos são flexíveis e adaptam-se. Basicamente a boneca de trapos é uma boneca de porcelana que se transformou e hoje não parte.

Ser de trapos quer dizer que cresci e que cada trapo, faz de mim aquilo que eu sou hoje. Já fui mal tratada, já fui bem tratada, já tive que ser cozida vezes e vezes sem conta e como qualquer boneca, já fui peça de vitrina e já fui um brinquedo nas mãos erradas.

Mas a boneca de trapos pode ser cozida, se ela perder um dos seus trapos, por muita falta que eles lhe possam fazer, podem ser sempre substituídos.
Para mim, as bonecas de trapos tem mais conteúdo, são mais reais e consistentes.



segunda-feira, 20 de maio de 2024

Cada vez mais amigos do Homem

maio 20, 2024 0 Comments
Apesar de ainda existir muito desrespeito pelos animais e uma grande desvalorização dos animais de companhia, é felizmente, cada vez mais usual que eles sejam vistos como os, melhores amigos do homem, e até mesmo membros da família.
Teresa Andrade, psicologa clínica, formadora na área do luto e investigadora em pedagogia, confirmou à revista Notícias Magazzine, que um animal pode sem dúvida ser o melhor amigo do homem, acrescentando que "pela natureza próxima da relação, se tornam como familiares muito chegados, companheiros para a vida".
A mesma revista acrescentou uma informação que é bastante interessante. Segundo um estudo feito pela Euromonitor Internacional (uma empresa especializada em estudos de mercado), os Portugueses estão cada vez mais recetivos à adoção de animais de estimação.

Mas será verdade?

Outro estudo da universidade Azbu, no Japão, acrescenta que temos a tendência para tratar os cães como filhos e que sentimos por eles o mesmo tipo de amor.

Estamos a caminhar para uma crescente tendência de família multi espécie.



sexta-feira, 17 de maio de 2024

7 Sugestões (maio 2024)

maio 17, 2024 0 Comments
Ao longo do mês, é possível, ler e experimentar muitas coisas novas, se não fazes isso todos os meses, talvez seja uma boa ideia reveres a tua rotina, e tirares alguns momentos para as coisas que te dão prazer!
Porque não um bom livro e um bom filme?!
O filme "Resgate no Tempo", foi produzido em 2003 dirigido por Richard Donner, e baseado no livro com o mesmo nome escrito por Michael Crichton. A história passa-se na atualidade, quando um grupo de jovens arqueólogos especializados na idade média encontra a possibilidade de voltar ao passado. Contudo, apesar de poderem presenciar em primeira mão o próprio material de estudo, eles descobrem que estão metidos também em problemas quando percebem que estão perante a noite de uma das batalhas mais importantes da zona de estudo.
Claro que o livro diverge em grande parte do filme, mas é das poucas adaptações que se mantém fiel ao grosso da história, sendo apenas mais apelativa para publico que está a ver o filme...
De certeza que já ouviram falar do programa televisivo "Science of Stupid", ou então como se diz em bom português, "Ciência da Estupidez", o programa que nos permite literalmente, aprender com os erros dos outros. Lembram-se daqueles vídeos no youtube cheios de quedas e uma série de coisas que todos nós vimos logo que vai acabar mal?! Pronto, juntem a esses vídeos uma explicação científica para o que correu mal e, o resultado é um hilariante programa onde aprendemos algumas coisas interessantes.
Continuamos com mais uma sugestão cinematográfica, desta vez um filme francês dirigido por Abel Ferry, é tanto quanto dá a parecer um filme rotulado como sendo baseado em factos reais, o que só por si já chega para mexer com os nervos. De qualquer maneira, quem assiste a "Vertigem", fica com duas perspetivas do filme, a primeira parte o terror de um grupo de amigos a fazer escalada numa zona proibida onde muita coisa pode e acaba por correr mal, e depois, uma série de eventos sangrentos na floresta. As críticas dizem que o filme deveria manter uma das perspetivas, eu concordo que pode não ser um clássico, mas a verdade é que a ligação feita entre personagens, história e até mesmo com a banda sonora está bem conseguida. Isto dito por mim que não sou amante do cinema francês, e por isso, e por achar que o "Vertigem" saiu da caixa, o ter destacado aqui.
"The Carrie Diaries", é a série que nos conta a vida da Carrie (personagem principal da série "Sexo e a Cidade), quando ela era ainda uma adolescente. A série com duas temporadas, a meu ver não é um prelúdio de "O Sexo e a Cidade", mas é acima de tudo, uma história de adolescentes. Porém, apesar de não ter gostado muito e de ter encontrado algumas falhas, não posso deixar de assinalar o empenho fantástico da atriz Lindsey Gort, que faz o papel da jovem Samantha Jones, as semelhanças de expressões, falas, e a própria comunicação, estão dignas da diva que interpretou a grande série no grande ecrã.
Na secção de beleza continuo a falar-vos de uma marca que tem vindo a marcar cada vez mais pontos junto dos consumidores, os discos exfoliantes da My Label, permitem uma esfoliação não muito agressiva, mas ideal para abrir os poros e relaxar a pele antes de colocarmos um creme hidratante. Já uso este produto há cerca de um ano, e apesar de não o usar todos os dias, consigo notar mesmo assim, o serviço que ele presta em favor da minha pele.
O nome da minha ultima sugestão não engana, e se pretendem saber um pouco mais sobre teorias relativas a anjos então este romance é sem dúvida, aconselhado para vocês. "Angelologia", conta-nos a história de um grupo de estudiosos que tenta a todo evitar a ascensão dos nefilins (raça descendente da união de humanos com anjos). Uma história com muito mistério e com um excelente tema, mas que na minha opinião não foi bem explorado pela autora que podia ter investido no suspense, nos caráteres históricos e na dosagem da informação que ia dando ao leitor. Por isso para mim, o livro tem sem dúvida um bom tema, mas não está bem conseguido.

Espero que tenhas, gostado, já conhecias estas sugestões?



sexta-feira, 10 de maio de 2024

Regras para a vida (lição nº3)

maio 10, 2024 0 Comments
Tenho uma relação muito estranha relação muito estranha com a minha melhor amiga, e agora está na hora de verem o quanto.

BFF: Quanto é que a tua esteticista leva para fazer o buço e as sobrancelhas?
Eu: Não faço as sobrancelhas por isso não sei, mas pelo buço pago 2,50€.
BFF: Ok, então quando lá fores avisa, que assim eu vou contigo... Tenho que fazer o meu buço!
Eu: Mas olha que eu não vou lá tão cedo...
BFF: Oh, mas porquê, estás chateada com ela?
Eu: Não!!! Estou é sem pelos...



segunda-feira, 6 de maio de 2024

Guerra Civil de Saltos Altos

maio 06, 2024 0 Comments

Durante muitos anos, fui apologista daquela máxima que diz "na carreira e nos saltos altos, quanto mais alto melhor".

Já tive uma boa profissão, um corpo de fazer inveja e os meus saltos altos nunca eram inferiores a 15cm... Já estão a ver o que isso diz sobre mim! E enquanto isso a vida mudoua vida mudou, e muito!

Seja como for, também existiu alguém que se lembrou de dizer que quanto mais se sobe maior é a queda.

De qualquer maneira é preciso que as pessoas se lembrem que as mulheres de verdade não se medem unicamente pelo trabalho que tem, mas sim pelo gosto com que o desempenha.

A verdadeira mulhermulher não se mede pela altura dos seus saltos altos, ela mede-se pelos saltos que dá.

Uma mulher de verdade está na menina que aprende tudo isto, sabe isto tudo, sabe muito mais e não tem medo de o assumir.

A verdadeira mulher usa saltos altos, usa chinelos, ou até anda mesmo descalça. O importante é estar confortável.

A verdadeira mulher não é um objeto, não realiza expectativas. Com ou sem saltos altos, ela consegue criar expectativas nos outros.


Não é preciso usar saltos altos, para ser mais ou menos mulher! Os saltos altos são um símbolo que não deve imperar quando a mulher é segura de si!




quinta-feira, 2 de maio de 2024

Bolo de Laranja e Cobertura de Chocolate

maio 02, 2024 2 Comments
No que diz respeito à arte da culinária, os doces não são de todo o meu forte nem estão entre os meus favoritos. Contudo esta receita de bolo de laranja, é tão simples e fácil que só não a faz quem não quiser.

Ingredientes:

  • 150gr de manteiga
  • 300gr de açúcar (coloco sempre um pouco menos)
  • 6 Ovos
  • 300gr de farinha
  • 1 Colher de sopa de fermento em pó (se a farinha já tiver fermento eu não uso fermento)
  • Sumo de duas laranjas e raspas de uma delas.

Confeção:

Começa este rápido e fácilrápido e fácil bolo de laranja derretendo um pouco a manteiga, mas não ao ponto de ficar completamente liquida. Se quiseres podes optar por a deixar a manteiga à temperatura ambiente umas horas antes.

Separa as claras das gemas dos seis ovos. Bate as claras em castelo com pitada de sal. 

Enquanto as claras batem, começa a preparar a massa do bolo de laranja. Mistura os ovos e o açúcar até formar uma pasta de ovo. Junta aos poucos a farinha e quando a massa estiver muito densa junta um pouco do sumo de laranja e as respetivas raspas.
Atenção, não suposto que a massa do bolo leve a totalidade do sumo das duas laranjas, o ideal é usar só metade ou então três terços do sumo.

Depois de tudo misturado, junta aos poucos as claras em castelo, a primeira adição pode ser mais vigorosa, mas as restantes devem ser feitas com calma e de preferência com uma vara de arames para evitar retirar o ar das claras (é isso que faz o bolo ficar fofo).

Coloca a massa numa forma previamente untada com manteiga e farinha. Leva ao forno a uma temperatura de 180º por 25 a 30 minutos. Lembra-te que a questão do tempo vai variar de forno para forno, por isso o ideal é ires vendo e em caso duvida fazerem o teste o palito.
Cerca de 25 a 30 minutos depois, retira do forno e deixem o bolo de laranja arrefecer. 

Enquanto isso prepara a cobertura de chocolate, misturando simplesmente um pacote de chocolate em pós em cerca de 125ml de leite aquecido, a ideia é que o bolo absorva esta cobertura por isso convém que não fique muito densa.

Quando a cobertura estiver pronta reserva. Antes de cobrir o bolo de laranja é necessário fazer pequenos buracos com um palito pela superfície do bolo e depois rega-lo com o restante sumo de laranja. Espera cerca de 2 minutos para o bolo absorver o sumo da laranja antes de cobrires com o chocolate.

Decora a gosto com raspas e rodelas de laranja, depois disso é só saborear.

Espero que tenhas gostado desta receita. Se experimentares, depois não te esqueças de me dizer como correu.




sexta-feira, 19 de janeiro de 2024

Regras para a vida (lição nº2)

janeiro 19, 2024 0 Comments

Existe sempre um momento em que perdes a esperança de um dia encontrares uma cara-metade, mas mesmo assim continuas a procurar estupidamente:

Eu: Está visto que essa coisa das aplicações para encontros não está a funcionar, porque é que não te deixas disso?

Colega: Porque se não for assim, nunca vou conhecer pessoas... Ninguém conhece pessoas, fechada em casa...

Eu: Depende, podes mandar vir um pizza e o rapaz das entregas até ser o homem da tua vida.


Teresa Silva, a resolver problemas desde 1989!




quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Curiosidades sobre as celebrações do ano novo chinês

janeiro 17, 2024 0 Comments

Estão quase a começar as celebrações no ano novo chinês, e por isso, não poderia deixar de partilhar contigo, algumas informações, sobre uma das datas mais importantes do calendário chinês.
Conhecido como o ano novo lunar chinês, esta celebração não tem uma data fixa, pois é determinada pelo calendário lunar, por isso as celebrações podem ocorrer em janeiro ou em fevereiro, durando 15 dias nos quais são feitos vários rituais e cumpridas várias tradições.

Curiosidades sobre as celebrações do ano novo chinês


Cores como o amarelo, o roxo e o dourado são as cores que estão associadas a estas celebrações, mas sem dúvida alguma que o vermelho, é a cor predominante, tendo todo o destaque. O vermelho simboliza o movimento, a transformação e a vida, e por isso é usual que as mulheres usem vestidos destas cores. Também as lanternas que se colocam nas portas durante os 15 dias de festa são vermelhas.
Existe também a tradição de lançar fogo de artificio, pois dizem que este vai afugentar os maus espíritos. Na noite da véspera as famílias reúnem-se para um jantar que irá encerrar o ano e abrir as portas para o novo, nesta refeição pensada com todo o cuidado, não podem faltar os bolinhos em forma de lingotes de ouro, o peixe que representa o dinheiro, as tangerinas, também chamadas de laranjas da sorte, o prato feito com arroz moti que representa a prosperidade e o talharim (macarrão) que simboliza a longevidade. Todas as frutas e doces, como seria de esperar, são servidos em bandejas ou pratos vermelhos.

A tradição ainda diz que, no primeiro dia do ano a matriarca da casa (habitualmente a avó, ou bisavó), deve presentear as crianças e os solteiros da casa com um envelope vermelho que deverá conter dinheiro. Contudo, em algumas zonas da China, este envelope vermelho é oferecido pelo avô ou bisavô, mas só deve ser aberto no primeiro dia do ano.

Rituais do ano novo chinês:


1º Dia
São realizados festejos para dar as boas vindas aos deuses do céu e da terra. Neste dia as pessoas evitam comer carne, pois acreditam que assim, estão a atrair uma vida longa e feliz.

2º Dia
Neste dia, os chineses rezam aos deuses e aos seus antepassados.

3º e 4º Dia
Celebração dos genros. Neste dia os genros prestam homenagem aos sogros e os filhos aos pais.

6º Dia
Neste dia, família e amigos reúnem-se para visitar templos, para rezar, e pedir saúde e fortuna aos deuses.

7º Dia
No 7º dia do ano novo chinês, é celebrado o nascimento de todos os seres humanos. É também o dia dos agricultores, fazem uma bebida composta por sete cereais para celebrar. Comem noodles, que simbolizam a longevidade, e peixe, que representa o sucesso.

8º Dia
Este dia, é dedicado também a reunir a família e os amigos para se rezar ao Deus do Céu.

9º Dia
Fazem-se rezas e oferendas ao imperador Jade.

10º, 11º e 12º Dia
É usual convidarem-se os amigos e a família para jantares.

13º Dia
Neste dia, os chineses purificam o organismo comendo apenas arroz choi.

14º Dia
Preparação para o festival das lanternas.

15º Dia
Esta é, a primeira noite de Lua Cheia, as pessoas saem à rua com as suas lanternas coloridas e celebram, nas ruas, com as pessoas queridas.

Confesso que fiquei admirada com todo o processo que existe à volta das famosas celebrações de ano novo chinesas.


quarta-feira, 10 de janeiro de 2024

O dia-a-dia das patudas cá de casa

janeiro 10, 2024 0 Comments
Engana-se quem pensa que ter animais de estimação não tem uma rotina. A verdade é que os animais adaptam-se às rotinas dos donos e criam as suas próprias rotinas.

O dia-a-dia das patudas cá de casa

Pequeno-Almoço

A Egas acorda assim que eu me levanto, mas a Becas só se apresenta , já quando estamos a tomar o pequeno-almoço. É certo que desde o pequeno-almoço até sair de casa, elas vão ficar comigo enquanto me organizo para sair, depois de sair de casa, voltam a dormir uma grande parte da manhã, apesar de terem sempre companhia em casa.

A Becas é a sombra do meu pai

Se o meu estiver em casa (o que é bastante frequente uma vez que ele já está reformado), é certo que a Becas vai passar o seu dia à volta dele. Se ele estiver a dormir, ela vai dormir com ele, se ele andar pela casa a fazer alguma coisa ela vai andar atrás dele, se ele se sentar no computador, ela senta-se ao lado dele. Por isso, como podem ver, a rotina da Becas gira em torno da rotina do meu pai (nunca percebemos porque motivo mas sempre foi assim).
A Egas faz exatamente a mesma coisa, mas com a minha mãe. Se a minha mãe estiver no computador, ela vai-se deitar à beira dela, se a minha mãe estiver a arrumar uma divisão, lá está a gata de novo... Todos os dias é assim...

Brincar

Sem dia dia ou hora marcada, as duas começam a brincar uma com a outra, ora correm, ora saltam... Por vezes fingem que se mordem, e passam ainda algum tempo nestas brincadeiras.

A cozinha é um templo

Assim que começa a existir movimento na cozinha elas surgem (seja onde for que estejam) e senta-se a olhar para nós, claro que não estão a olhar por nós, mas sim para qualquer pedaço de comida que possa cair... Mas pronto perceberam a ideia.

Sesta

Nem a Egas nem a Becas dispensa a sesta depois do almoço, cada uma no seu canto (a Egas com a minha mãe, a Becas com o meu pai), dormem uma grande parte da tarde, mas também se divertem a fazer algumas asneiras, ou a brincar sozinhas ou entre si. Não é de admirar que elas estejam cheias de energia quando chego a casa.

Depois de eu chegar esta na hora de as encher de mimos e de brincar um pouco, geralmente enquanto ajudo a fazer o jantar elas estão pela cozinha a fazer-me companhia (só que não), e lá vão brincando entre si.
Enquanto eu e a minha mãe arrumamos a cozinha é muito usual encontrarmos as duas sentadas à mesa à espera de algo (nunca soube o que era). Só quando acabamos de arrumar é que a gata vai para a beira da minha mãe mais um pouco, e claro a Becas vai para a beira do meu pai (quem diria).
A Egas dorme sempre comigo ou no meu quarto, já a Becas (quem diria), dorme com os meus pais, contudo de vez em quando ela vem dormir comigo, mas geralmente só acontece quando os meus pais estão a ressonar de mais para o gosto dela! (quem diria também).

Relativamente a outras rotinas, é importante que os outros donos de animais percebam que eles estão habituados a seguir padrões, por exemplo:
- A Becas vai sempre lá fora (temos a sorte de ter um pátio grande para ela correr e fazer as suas necessidades), de manhã cedo quando eu saio para o trabalho, de tarde (antes da sesta) e à noite logo após o jantar. Tem dias que ela prefere passar mais tempo lá fora, mas como devem imaginar depende muito do clima.
- A Egas pede para ir ao terraço (o terraço é fechado para ela não fugir) todos os dias de manhã mal acorda, e à noite. Se o clima for favorável ela passa mais tempo lá for, mas se estiver frio ela só vai mesmo quando está aflita.
- Tanto a Becas como a Egas tem uma dose diária de alimentação (não contam os petiscos que os meus pais lhes vão dando ao longo do dia), a Becas come sempre antes das nossas refeições, e se sentir fome ela pede a comida antes abanando o prato. A Egas gere a sua própria ração, encho o prato dela de manhã e às vezes a meio da noite dou conta de ela ir comer o que sobrou.